Username:  
Senha:
    cadastro |  tá perdido? |  fale conosco |  mapa do site

esqueci minha senha

» Pesquisa » Bibliografia

Orientação Bibliográfica

ALFONSO-GOLDFARB, Ana Maria. O que é historia da ciência. São Paulo. Brasiliense. 1994.

ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith e GEWANDSZNAJDER, Fernando. O Método nas Ciências
Naturais e Sociais. São Paulo. Pioneira. 2001.

ALVES, R. Filosofia da ciência. São Paulo, Brasiliense, 1981.

ALVES, Rubens. Filosofia da ciência: introdução ao jogo e suas regras. São Paulo. Loyola.
2000.

ARANHA, M.L.R. & MARTINS, M.H.P. Temas de filosofia. 1. ed. São Paulo. Ed. Moderna. 1992

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Normas técnicas. RJ:1989. Disponível em http://www.abnt.org.br/

ANDRADE,M.M. Introdução à metodologia do trabalho científico. SP: Atlas, 1994.

ASTIVERA, A. Metodologia da pesquisa científica. Porto Alegre:. Globo, 1973.

BAGNO, Marcos. Pesquisa na escola. 2. ed. São Paulo. Edições Loyola. 1999

BARROS, A. J. da Silveira & LEHFELD, N. A. de Souza. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo. MAKRON. 2000

BRONOWSKI, J. O senso comum da ciência. Belo Horizonte/São Paulo, Itatiaia/EDUSP, 1977.

_____O Homem e a ciência. Belo Horizonte/São Paulo, Itatiaia/EDUSP, 1979.

BUNGE, M. Ciência e desenvolvimento. Belo Horizonte/São Paulo, Itatiaia /EDUSP, 1977.

_____La ciência: su método y su filosofia. Buenos Aires, Panarama, 1960.

CARRAHER, D. Senso critico, São Paulo, Perspectiva, 1983.

CARVALHO, Maria Cecília M. de et . al. Construindo o Saber; metodologia científica:
fundamentos e técnicas. Campinas. Papirus. 2001.

CASTRO, C.L. A prática da pesquisa. São Paulo. Mc Graw Hill, 1978.

CERVO, A.L. e BERVIAN, P.A. Metodologia cientifica. São Paulo, Mc Graw Hill, 1973.

CHALMERS, Alan F. O que é ciência afinal? São Paulo. Brasiliense. 2000.

CINTRA, A.M.M. determinação do tema a pesquisa. Ciência da informação. Brasília, 11(2):13-16, 1982.

DEMO, P. Metodologia cientifica em ciência social. São Paulo, Atas, 1992, 2a edição.

ECO, U. Como se faz uma tese. São Paulo, Perspectiva, 1992, 9a edição.

FACHIN, Odília. Fundamentos de metodologia. São Paulo. Saraiva. 2001.

FEYERABEND, P. Contra o método. Rio de Janeiro, Francisco Alves, 1977.

GALLIANO, A. Guilherme. O método científico: teoria e prática. São Paulo. HARBRA. 1986.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo. ATLAS. 1996.

GOMES DE MATTOS, F. A comunicação cientifica: da cautela à convicção. Ciência e Cultura, São Paulo, 37(9): 1384-1487, 1985.

GOMES DE MATTOS, F. A precisão terminológica do cientista; por que deixa a desejar? Ciência e Cultura, São Paulo, 39(8):747-748, 1988.

GOMES DE MATTOS, F. O cientista como citador. Ciências e Cultural, São Paulo, 37(12):2042-2044, 1985.

GOMES DE MATTOS, F. O titulo de um trabalho cientifico: claro, conciso, concreto e criativo. Ciência e Cultura, São Paulo, 40(8):778-779, 1988.

GOODE, W.J. & HATT, P.K.M, todos em pesquisa social. São Paulo, Nacional, 1979, 7a edição

HÊHNE, Leda Miranda et al. Metodologia científica:caderno de textos e técnicas. Rio de Janeiro. AGIR. 2000.

KÖCHE, José Carlos. Fundamentos de metodologia científica. Petrópolis. Vozes. 2000.

KUHN, T.S, revolução científica. São Paulo, Perspectiva.

LAKATOS, E.M. & MARCONI, M.A. Metodologia científica. SP: Atlas, 1983.

LOPES, M.I.V. Pesquisa em comunicação. São Paulo, Loyola, 1990

MATTAR NETO, J. A. Metodologia científica na era da informática. São Paulo. Saraiva. 2002.


MILLS, C.W. A imaginação sociológica. Rio de Janeiro, ZAHAR. 1980. 5a edição

MOLES. A. A Criação científica. São Paulo Perspectiva, 1971.

POPPER K. A lógica da pesquisa científica. São Paulo, Cultrix, 1972

RUDIO. F.V. introdução ao projeto de pesquisa científica. Petrópolis, Vozes, 1989
SABOR, Josefa E. Manual de fuentes de información. 3.ed. Buenos Aires : Marymar, 1978.

SALOMON, D.V. Como fazer uma monografia. BH: Instituo de Psicologia da UFMG, 1973.

SEVERINO,A . J . Metodologia do trabalho científico. São Paulo, Cortez e Moraes, 1978, 3a edição

TARGINO, M.G. Citações bibliográficas e notas de rodapé: uma guia para a elaboração. Ciência e Cultura, São Paulo, 38(12): 1984-1991, 1986.

Recursos Informacionais I e II

CAMPELLO, Bernadete Santos et al. Enciclopédias publicadas no Brasil: estudo comparativo das enciclopédias Mirador, Barsa e Delta Universal. Ci. Inf., v.22, n.1, p. 44-52, jan./abr. 1993.

CAMPELLO, Bernadete Santos et al. A utilização de enciclopédias em bibliotecas públicas e escolares da Região Metropolitana de Belo Horizonte: relato de pesquisa. Ci. Inf., v.22, n.3, p. 259-62, set./dez. 1993.

CAMPELLO, Bernadete Santos, CAMPOS, Carlita Maria. Fontes de informação especializada. 2.ed. Belo Horizonte : Ed. UFMG, 1990.

CAMPELLO, Bernadete Santos, MAGALHÃES, Maria Helena de Andrade. Introdução ao controle bibliográfico. Brasília, DF, Briquet de Lemos/Livros, 1997.

CAMPELLO, Bernadete Santos et al. (orgs.) Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: Ed.UFMG, 2000.

CAMPELLO, Bernadete Santos et al. (org.) Formas e expressões do conhecimento: introdução às fontes de informação. Belo Horizonte : Escola de Biblioteconomia UFMG, 1998.

CUNHA, Murilo Bastos da. Bases de dados no Brasil: um potencial inexplorado. Ciência da Informação, Brasília, v.18, n.1, p.45-57, jan./jun. 1989.

CUNHA, M. B. da. Metodologias para estudo dos usuários de informação científica e tecnológica. R. Bibliotecon. Brasília, v.10, n.2, p.5-19, jul./dez. 1982.

HENNING, P.C. Internet@RNP.BR: um novo recurso de acesso à informação. Ciência da Informação, Brasília, v.22, n.1., p.61-4, jan./abr. 1993.

KIRK, E.E. Evaluation of information sources [online]. Available from http://milton.sme.jhu.edu:8001/ research/education/net.html

PASSARELLI, B. . Interfaces digitais na educação: @lucin[ações] consentidas. São Paulo: Escola do Futuro - USP, 2007. v. 01. 200 p.

______________ . Students' collective knowledge construction in the virtual learning environment "TôLigado - your school interactive newspaper. INFORMATION RESEARCH , v. 13, p. 335-340, 2008.

______________ . O Bibliotecário 2.0 e a Emergência de Novos Perfis Profissionais. DATAGRAMAZERO (Rio de Janeiro), v. 10, p. 01, 2009.

______________ . Do Mundaneum à WEB Semântica: discussão sobre a revolução nos conceitos de autor e autoridade das fontes de informação. DATAGRAMAZERO (Rio de Janeiro), v. v .9, p. n. 4, 2008.

______________ . Ambientes virtuais de aprendizagem incorporados ao ensino presencial na graduação em Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP: a experiência do portal NEXUS - da Informação ao Conhecimento. In: Marilda Lopes Ginez de Lara; Asa Fujino; Daisy Pires Noronha. (Org.). Informação e Contemporaneidade: Perspectivas. Recife: NÈCTAR, 2007, v. 01, p. 273-285.

______________ . Students as knowledge architects: The TôLigado Project - Your School Interactive Newspaper. In: Eight IASTED International Conference on Computers and Advanced Technology in Education, 2005, Oranjestad, Aruba. Proceedings of the Eight IASTED International Conference on Computers and Alvanced Tecnology in Education.. Anaheim, Calgary, Zurich : ACTA Press, 2005. v. 1. p. 19-23.

PASSARELLI, B. ; Freire, C ; MORENO, J.K. . Social Networking as Social and Cultural Reconfiguration: a Case Study of AcessaSP. In: IASTED - International Conference on on Computers and Advanced Technology in Education, 2009, St. Thomas, US Virgin Islands. Proceedings of the 12th IASTED International Conference on Computers and Advanced Technology in Education. Calgary : ACTA Press, 2009. v. 1. p. 672066.

PASSARELLI, B. ; SILVEIRA, A. . O Portal Nexus - da Informação ao Conhecimento e o Marketing da Informação na Comunidade de Alunos da Graduação no CBD/ECA/USP.. PRISMA.com, v. dez, p. 7, 2008.

POBLACIÓN, Dinah Aguiar. Literatura cinzenta ou não convencional: um desafio a ser enfrentado. Ci. Inf., v.21, n.3, p. 243-6, set./dez. 1992.

ROSETTO, Marcia. Os novos materiais bibliográficos e a gestão da informação: livro eletrônico e biblioteca eletrônica na América Lartna e Caribe. Ci.Inf., v.26, n.1, p. 54-64, jan./abr. 1997.

ROWLEY, Jennifer. Informática para bibliotecas. Brasília : Briquet de Lemos/Livros, 1994.

SALVIATTI, M.E. Publicação eletrônica: perspectivas na sociedade pós-industrial. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, v.23, n.1, p.28-42, jan./jun.1994. SCHAMBER, L. What is a document? Rethinking the concept in uneasy times. Journal of the American Society for Information Science, v. 47, n.9, p.660-671, 1996.

SCHIRM, H.; OTTONI, M.C.R.Q., MONTANARI, R.V. Citações e notas de rodapé: contribuições à sua apresentação em trabalhos técnico-científicos. R.Esc. Bibliotecon., v.18,n.1,p.116-40, mar.1989.

SILBERGER, Kathryn Kemp et al. Obras de referência: subsídios para uma avaliação criteriosa. Florianópolis : Ed. UFCS, 1990.

SIQUEIRA, L.M. A informação em tecnologia e a estrutura de trabalhos científicos. 2.ed. SJ dos Campos: Centro Técnico Aeroespacial / Instituto Tecnológico de Aeronáutica, 1983.

SMIT, J. O que documentação. SP; Brasiliense, 1984.

SMITH, A Criteria for evaluation of Internet information resources. [online]. 2 Mar. 1997. Avaiable from http://www.vuw.ac.nz/~agsmith/evaln/


» Disciplinas 
Orient. Bibliog. 
Recursos I 
Recursos II 

» Pequisa 
Metodologia 
Comunicação 
Bibliografia 
Sites 

» Inter-Ação 
Atividade Individual 
Atividade Coletiva 
Blog 

» Suporte 
Cadastro 
Tá perdido? 
Fale conosco 
Mapa do site